gestão de um box de crossfit

Conheça os principais desafios da gestão de um box de CrossFit

A montagem de um box de CrossFit está nos seus planos e você ainda não sabe exatamente como começar ou de que forma gerenciar? Fique atento, afinal, a concorrência, no Brasil, está cada vez mais acirrada. Segundo um levantamento da WOD News, já somos o segundo país do mundo com mais boxes dedicados à modalidade, só perdendo para os Estados Unidos.

Tendo um cenário altamente competitivo pela frente, não há alternativa que não seja aprimorar cada vez mais a gestão do seu espaço. O CrossFit é a melhor opção para aumentar o faturamento de sua academia, mas, para isso, é preciso superar os desafios desse segmento.

Na sequência, veja o que é necessário para dar início às atividades de maneira legal e prosperar com essa modalidade esportiva fascinante. Boa leitura!

Não ter sucesso e resultados imediatos

Todo negócio precisa lucrar com as suas atividades para continuar crescendo e, com um box de CrossFit, não seria diferente. O ideal é começar com um estudo de mercado em que os riscos estejam previstos, contando com o pior cenário possível. Nesse aspecto, trabalhar com planos “B” para todas as hipóteses é sempre recomendado.

Embora possa ser indicado para todas as faixas etárias, o desafio de começar sem o retorno esperado em termos de público e renda pode ser mitigado por pesquisas demográficas.

Dependendo do local, é possível até que a procura seja maior por pessoas acima de 65 anos, como mostra a experiência de uma academia que abriu um box no Rio de Janeiro. Portanto, procure adequar seus esforços de marketing e divulgação, tendo em vista o tipo de aluno que você pretende atrair, conforme o perfil da região.

Dispor de todos os equipamentos necessários

A expansão desse esporte torna cada vez mais difícil a diferenciação. No começo, lá pelos anos 2000, quando Greg Glassman dava os primeiros passos para alavancar o CrossFit na Califórnia, não era tão difícil assim.

Hoje, como você já viu, existem milhares de concorrentes, o que aumenta a exigência por diferenciais de qualidade. Essa singularização, por sua vez, pode e deve começar pela aparelhagem do seu box — por mais que a modalidade se caracterize por uma certa rusticidade, sempre é possível inovar.

Faça um inventário, começando por checar se você dispõe, pelo menos, dos seguintes equipamentos:

  • argolas;
  • barras;
  • corda;
  • corda naval;
  • box pliométrico;
  • kettlebell;
  • pneu;
  • strap training;
  • ViPR;
  • wall ball T.

Enfrentar a concorrência do mercado

Você já viu que a concorrência, no mercado de box de CrossFit está em alta no Brasil. Viu também que seu espaço precisará se diferenciar, tendo em vista a quantidade cada vez maior de locais de prática do esporte.

No entanto, essas medidas não surtirão o efeito esperado se a sua empresa permanecer obscura. Lembra-se do ditado “quem não é visto não é lembrado”? Portanto, para que seu box se diferencie e seja procurado, é fundamental investir em marketing e, sobretudo, em relacionamento.

No primeiro, seu negócio poderá se fazer presente pelos meios tradicionais. Visual merchandising em pontos estratégicos, anúncios impressos e até propaganda em rádio e TV são algumas das opções.

Contudo, é no marketing digital que você deverá concentrar a maior parte dos seus investimentos, tendo em vista que o setor está em franca expansão. Não deixe de montar um site com publicações regulares de conteúdo, redes sociais e outras estratégias que usem a Web como canal. Seus ganhos certamente serão superiores.

Escolher profissionais capacitados

Todo negócio de sucesso começa pela escolha dos melhores profissionais à disposição. No caso do CrossFit, assim como toda atividade física, a relação entre professor e aluno é decisiva para o sucesso dos programas de treinamento. Esse é um motivo mais que suficiente para você buscar professores que saibam extrair o melhor dos seus alunos. Lembre-se: motivação é tudo!

Entenda quais são os requisitos para preparar sua academia

Além dos desafios elencados, sua academia também precisará superar as barreiras legais e formalidades exigidas para dar início às atividades na modalidade. Veja, a seguir, se você preenche todas as exigências e não abra seu box antes de se ajustar a todas elas:

Tirar certificado de treinador

Embora seja uma modalidade nova, com menos de 20 anos de existência, o CrossFit é fortemente regulamentado e exige dos profissionais certificação para atuar. Um treinador credenciado precisa ter o chamado Certificado Level 1, chancelado pela CrossFit Inc., a entidade que legisla sobre o setor.

Essa certificação, por sua vez, só pode ser obtida após aprovação em um processo de inscrição e afiliação. A boa notícia, nesse caso, é que tudo pode ser feito online. Para isso, faça o cadastro no site CrossFit.com, submeta os documentos solicitados e aguarde confirmação. Repare que será necessária a participação em eventos, seminários e cursos que comprovem suas qualificações, por isso, quanto mais experiência, melhor.

Você também deve ter observado que não é uma exigência ser formado em Educação Física. Contudo, e tendo em vista que esse é um esporte de alto rendimento, é bastante desejável que você seja graduado nessa disciplina.

Fazer o cadastro online

Por ocasião da aplicação para obter o Certificado Level 1, você também poderá aproveitar para cadastrar o seu box. Nesse aspecto, vale destacar que CrossFit é uma marca registrada, portanto, para utilizá-la legalmente, será necessário adquirir seus direitos.

Além do certificado, você deverá ter um site, que deve atender aos parâmetros que constam no portal CrossFit.com. Cumpridas essas etapas, no mesmo site, você dará início ao credenciamento do seu box.

Comece preenchendo uma espécie de carta de motivação, na qual você precisará explicar por que está entrando para o ramo. O importante é que seja uma explanação clara, breve, sucinta e, acima de tudo, sincera.

Uma vez apresentado, você, então, deverá contar mais sobre o seu espaço. Informações sobre localização, atividades, equipamentos e sobre tudo que forneça uma visão ampla sobre o lugar em que você receberá seus alunos devem ser elencadas.

Pagar a taxa de licenciamento

Com todos os dados para registro informados, será hora de emitir a ordem de pagamento para a afiliação. Hoje, a taxa para ser um membro licenciado CrossFit é de 3 mil dólares anuais.

Cumpridas todas as etapas e depois de ter quitado o pagamento da taxa, você precisará sacramentar o licenciamento do seu box de CrossFit, assinando o contrato de licença anual. Além disso, o trabalho só está começando, já que, como você acaba de ver, os desafios são muitos, mas as recompensas fazem o esforço valer a pena!

Tenha um sistema de gestão

Se você já é proprietário de uma academia ou ginásio, sabe que o controle do fluxo de alunos, pagamentos e despesas consome muito tempo e recursos. Nesse sentido, um sistema de gestão desenvolvido para academias é um recurso também indicado para gerir o seu box de CrossFit.

Então, é mais fácil do que imaginava ou parece ainda mais difícil para você a abertura de um box? Agora, ajude pessoas que estejam na mesma situação compartilhando este artigo em suas redes sociais!

About the author

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: